sexta-feira, 27 de outubro de 2017

O dia a dia, a cada dia...


Acordo com uma das duas "chamando". Nos revezamos David e eu para ter 15 minutos ( ou somente 5) a mais na cama. Dessa vez ele vai, eu fico. Mas ja olho o relogio e tenho que levantar, ja ja Noa acorda.
Levanto, coloco minha roupa de ginastica, vou para sala, beijo a minha filha, beijo o meu marido. Tomo agua com limao, suco de laranja. Preparo a mamadeira de Noa que ja esta se remexendo! Xiii acordou antes, David deixa o café da manha dele e vai atender Noa, Maia continua comendo de boa. Noa chega na sala, só sorrisos, beijos em todos e David da a mamadeira. Eu vou vestir Maia.

Preparo Maia, preparo Noa , hoje ja vamos sair as 3 às 8:45h da manha ( aqui isso é cedo!) porque David tem coisas para fazer. Nao, nao é verao, o camp nao esta aberto, mas ele tem contas para resolver, motorhome para consertar, pneus do meu carro para trocar, cuidar dos avós, fazer  a grande compra da casa e sim, quando tem onda, ele vai surfar. Casei  com ele sabendo disso, agora nao reclame. Ele ja é consciente do que tem em casa e equilibra as coisas muito bem.

Bom, coloco Noa no carrinho, Maia ja na poli position, entro para escovar meus dentes e vou levar Maia. Sim, apenas com uma agua com limao e um suco de laranja. Quando tenho sorte, rola leite com cereais. Vamos para a escola! Deixo Maia, vou no mercado, faço a mini compra do dia. Voltou para casa, brinco com Noa  recolho tudo do café da manha, coloco roupa para lavar, arrumo as camas        ( isso quando ja nao arrumo logo quando todo mundo vai acordando, aquela arrumada basica, nada de cama de hotel!) Faço meus exercicios, 15 minutinhos, quando Noa ta de boa e me deixa e sempre de olho nela que nao para! Dou uma merendinha para Noa, ja sao as 10:30-11h! Noa dorme! Quando deixar esse cochilo...só Jesus na causa!

Aproveito e como, tomo meu banho, faço a comida, penduro a roupa, recolho a seca, dobro. Paro 5 min, Noa acorda, brinco com Noa ( troco fralda , bla bla bla), 13h! Meu deus! Noa almoça e saimos para resolver coisas na rua, dar um passeio, proporcionar a Noa seu momento comigo e com o mundo, só eu e ela!

Pegamos Maia as 13:45h, voltamos para casa, as vezes David vem almoçar , quase sempre, quando ele vem mais cedo, ele faz a comida. Comemos, brincamos com as meninas. Quem fez a comida? Pois entao o outro arruma a cozinha.  15h , Maia ve desenho umas 15:30,  Noa dorme, Paz! Paz por meia hora ,ne? Porque aqui , desenho pode no máximo por 1 hora. Entao vamos la! Desligamos Tv, brincamos com Maia, proporcionamos a Maia tambem o seu momento só conosco e estimulamos que brinque sozinha, David trabalha no pc, eu vou preparando a merenda! Mas acabaos de almoçar!! Nao queridos, almoçamos as 14-14:15h, ja sao 16:30 e 17h essas meninas tem fome de novo! O tempo nao voa nao, ele se pirulita!

Merendamos, vamos aos parque, mais ou menos as 17:30-18h, as 19:20 ja estamos em casa de novo. Noa janta, mais brincadeira, agora os 4 juntos. A noite é sempre  os 4 juntos. 20:20: banhos!!!  Papai banha Noa, mamae a Maia. Preparo mamadeira de Noa, se ela ta de boa, descansada, papai da e coloca no berço ( conseguimos que ela aprendesse a dormir sozinha assim como fizemos com Maia!! Isso é a GLORIA!). Maia esta jantando, mamae volta para a sala, Maia claro, pede que mamae leia o livro... um dia papai, um dia mamae e hoje é sim o meu dia. Ai vou eu...

Volto para a sala, sao as 21h-21:20h....hora de gloria! Papai fazendo o jantar....e ......

                                   TO BE CONTINUE ( as 8h da manha seguinte!)

ps: as fotos sao mais antigas porque to com preguiça de pegar o disco externo...voces me entenderão! 







quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Primeira carta para NOA!


Filha,

Meu pedaço de céu. Sempre escrevo para sua irma a cada seis meses, agora com 3 anos acho que pularemos para a cada ano. Mas a sua cartinha de 6 meses atrasou, e eu tenho certeza que você entenderá. Nao te amo nem mais, nem menos que a sua irma, simplesmente falta tempo para sentar e escrever porque sempre estou com voces!

Assim como a sua irma, eu nao me senti confortável em deixar você com ninguém mais, alem do seu pai, nesses 6 primeiros meses. Alguns dizem que é muito agarramento, outros dizem que nao, os estudos dizem que até os 6 meses, nós ( os seres humanos) nao sabemos distinguir entre o nosso corpo e o da nossa mãe. E talvez seja por isso que eu só consiga segurança em deixar os meus bebes a  partir dos 6 meses. E olha só, voces duas ficam direitinho! Ja de primeira vocês se adaptam e nao choram por a mamãe nao estar ali e acredito que isso é fruto de uma criação com segurança e confiança. Voces sabem que a mamãe estará sempre ali, alá e acola onde quer que voces estejam.

Ja escrevi sobre seu parto, então voce ja sabe que voce atrasou...chegou no seu tempo e assim voce continua. Tudo no seu tempinho. Estranhou muito dos 2 aos 4 meses e depois foi melhorando. A sua abuela ficou super preocupada quando foi te dar o banho e passado 2 minutos voce chorava de ficar roxa até a mamãe chegar. E ai nem o papai adiantava! Era a mamãe e o peitinho....ahhh o peitinho! Mamãe achou que voce iria deixar o peito facinho, iria gostar de uma boa mamadeira com cerais ( a mamãe adora e come seus restos todos!) e assim iria dormir toooda  a noite e a mamãe também, a partir dos 6 meses...doce ilusão.

Comecei a dar verdurinhas e fruta a voce com 6 meses, como manda o figurino, e voce pouco comia, 3 colheres e tchau! "Vem cá mamãe que eu quero é mamar!" . Nooosssa que "desespero", mamãe precisa dormir filha!! E então voce foi comendo melhor e melhor. Viajamos para a casa dos vovôs no Brasil com voce com 6 meses e pouquinho e a vovó ajudava a dar mais comidinha. Voltamos ( a viagem ao Brasil merece um post a parte!) e agora você come muito bem , durante o dia quase nao quer peito mas a noite.....a cada 3 horas! Mas vamos lá, com paciencia mamãe vai te ensinar a dormir toda a noite e seremos felizes assim! hahaha

Noa, você é meu pedaço de algodão doce, com seu sorriso que cativa, sua mirada fixa, sua alegria ao acordar, dormir , e principalmente ao me ver e ver a sua familia. Seu pai baba por você! Você nao tira os olhos da sua irma e ela te ama muito também.

Você entrou na familia e ja se adaptou a rotina, desde de pequenina nos parques com sua irma e ate na praia! Cafés com a mamae, largos passeios e comidas fora, você nos permite viver sem agonias de sono ou de horarios ( nada haver com Maia!)

Voce ja fica sentadinha brincando ou olhando a sua irma brincar. Rir de tudo, mas nao gosta muito de estar sozinha. Agora para dormir ja aprendeu a dormir sozinha e nao dá mais trabalho, antes eram minutos e minutos te ninando no braço ou no carrinho, uma canseira só!

Ja balbuceia o mama, papa, tata...diz sua abuela que ja fala mama e papa...mas isso sao coisas de abuelos. Parece que voce nao quer engatinhar, ja quer ficar de pé...mas eu acredito que ja ja voce aprende, como sempre, tudo no SEU tempo!

Você veio para me dizer CALMA TUDO VAI DAR CERTO. Sim, a sua irma nos deu muito trabalho de bebé e ainda nos da, esta melhorando muito, mas eu tinha muito medo de que com duas eu nao conseguisse controlar a situaçao. Mas ai veio VOCÊ, a calma, a paz...mais esse aprendizado!

Mas apesar de toda a calma você é forte e tem genio também! Claro, você e minha filha e nao poderia ser diferente! Em isso você puxou a mamãe...."eu to de boa, mas nao mexe comigo!"

TE AMO DEMAIS MINHA CAÇULA!!!


Ass: mamae!














sábado, 13 de maio de 2017

NOA !!


Quanto tempo sem escrever para vocês, fiz a carta de 3 anos para Maia, mas a verdade é que eu estava com saudade de escrever sobre a aventura de ser mãe distante da familia! E agora em dose dupla....
Tenho muito que contar, mas como sempre, vamos por partes, nao gosto de textos longos, assim que vou resumir ja o nascimento de Noa...e prometo voltar a escrever em breve!

Eu ja estava de 40 semanas e MUITO cansada, meus pais ja estavam aqui fazia um mes, o que para mim foi maravilhoso porque pude curtir eles e eles a Maia antes da chegada da nova netinha. Eu sempre fui e sempre serei mãe leona, vou ate o fim das minhas forças com e por minhas filhas. E por isso sempre faço o possível para estar com elas. Mas nesse dia eu estava exausta, eu ja nao aguentava mais o peso e a bola que sentia entre minhas pernas e passamos a tarde na casa dos meus pais e ao sair, para dar um passeio com Maia, disse a David: Liga pra sua mãe para ver se Maia pode dormir la, porque eu estou exausta!

Deixamos Maia ali, eu com o coração meio apertado, mas cheguei em casa e agradeci, estava mesmo a ponto de estourar e assim foi. David com a ideia de pipoca e filme e eu ja disse: quem vai pipocar sou eu! Contrações daqui, contrações dali, só decidi ir ao hospital mesmo quase as 4 da manha, tomei banho e fomos. Chuva, estrada de curvas e em meia hora estávamos ali mas...cade as contrações?

Me internaram, monitores a postos e uma ou outra vinha...pensei logo que ja iriam me mandar voltar pra casa , nao podia ser, eu nao aguentava mais!!! E então a matrona fez o toque e disse: você fica, moram "longe" e você tem que tomar antibióticos antes de parir ( eu ja sabia disso e por isso fui logo!). E ali fiquei....todo o dia, filmes, conversas, caminhadinhas no corredor, visitas de mamis e papis a tarde... mais matronas me visitando e uma me disse: nao se preocupe, somos animais e o instinto animal pari a noite, assim que de hoje nao passa!

Dito e certo, as 21hrs começaram fortes contrações, uma depois da outra, mais e mais e mais, eu me agachava , só queria estar agachada, pedia a anestesia e me diziam que eu ja estava de 8 cm ( ja???? de Maia eu demorei tanto quer tive que tomar oxitocina!!) e eu me aguentava ...ate que : EPIDURAL POR FAVOR!!

E ai vou eu para uma epidural que nao deu tempo de fazer efeito, tudo foi tão rápido e TAO DOLOROSO! Pensávamos que Noa pesaria mais ou menos como Maia, 2900kg, e eu crente que tava tudo controlado.

Ao colocar a epidural a matrona estourou minha bolsa, e foi estourar a bolsa, eu gritar, ela olhar e dizer: corre pro paritório!

Mas eu empurrava e doía, e muito! Eu só pensava que algo tava errado porque Maia nao doeu tanto assim... ate que a matrona me disse: essa menina é grande! Grande? Como assim grande? Aiiii
E dai eu ja nao queria empurrar, nao podia, era muita dor, algo estava errado...estava era tudo certo! Colocaram um espelho para eu ver que Noa ja estava ali, cabeça coronada e tudo estava em minhas mãos. Empurra que essa menina nao pode ficar ai ! Era o que eu pensava... e eu , urrando de dor empurrei, rasguei, a matrona foi rápida, girou a cabeça dela, David gelou ( e pode fazer isso, senhor?!haha) e outro empurrão mais e Noa saiu! GRANDE! 3830kg! Inchada! Mais cinza que lilas ( Maia foi super lilas!) e calma...chorava pouco, a matrona me orientou que fizesse ela chorar...ela chorou, mas chorou meiga! E assim nasceu a minha segunda vida... feia, inchada e linda!

E como amanha é dia das mães aproveito para dizer a todas as mães , em especial a minha, que somos guerreiras, sim, me incluo sem modestia alguma, porque parir nao é o pior...o mais difícil é educar esses seres para o mundo! E a minha mãe, com a ajuda do meu pai, fizeram isso muito bem! OBRIGADA MEUS AMORES!!

FELIZ DIA DAS MAES A TODOS!

Ja contarei mais sobre Noa, os ciúmes de Maia...e claro, sobre Maia, porque...ahhh minha MAIA, você  nao da um livro nao, você dá é uma enciclopedia de A até Z!

Meu ultimo dia de barriga!

Minha chinoca!

Menina, voce parece com quem?Nao saiu muito favorecida nao...

chamego da vovó!

Maia pensando no que aprontar com Noa..

Com o papi...

Voltando para casa

Con los abuelos

Amor de irmas!

Ficando gatinha!




terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Outra carta para Maia...3 anos!

E hoje me sento aqui com pressa , mas não com menos sentimento. Temos uma nova integrante que aos seus 2 meses e meio, como todos, não me deixa muito tempo livre. Mas hoje é um dia mais que especial, hoje Maia completa 3 anos! 3 anos em que eu sou mãe, e o especial desse ano é que sou mãe de duas!

Ahhh Maia, minha primogênita, você veio para me arrasar! De verdade! Já nasceu antes do tempo rompendo todos os meus planos. E cresceu antes do tempo também! Deixou de ser um bebe bem cedo, já falando e formando frases com 1 ano e mostrando o seu tão difícil caráter!

Da sua ultima cartinha para aqui, muita coisa mudou. E você também! Cada dia menos bebê e mais menina. Cada dia mais questionadora... maldita bendita fase dos “porquês” !E sempre com uma resposta para as minhas chamadas de atenção : não se preocupe mamãe que eu tenho cuidado! “ Cuidado PN Maia, eu estou mandando você deixar isso ai e PONTO!” essa é a verdadeira resposta que sai da minha cabeça...mas respiro fundo e digo : minha filha, deixe isso ai , porque eu estou mandando, que isso não é para você brincar!

Eu e seu pai, honestamente, estamos muito cansados! Quero que fique aqui registrado que te educar é a atividade mental mais difícil que a gente faz todos os dias. Nem álgebra nem numero neperianos ( um treco que dão na escola aqui muito sem noção), acho que a melhor matéria da escola deveria ser EDUCACANDO FILHOS! Mas essa matéria eu dei com os melhores professores: seu avós!

Agora desde que nos mudamos para Cedeira e estamos todos mais contentes e relaxados, perto do trabalho do papá, você rapidamente se adaptou. Com uma madurez incrível. Adora ir para a Huellas ( parque infantil) e para sua escolinha Galinha Azul. Muito sociável e com ganas de aprender sempre, a principio na sua escolinha, que era a tarde, você não ia muito motivada, não gostava pois só haviam bebes, como presente de Natal conseguimos uma vaga de manha e que mudança! Que alegria! Que alegria ver seu brilho nos olhos feliz com seus novos companheiros e atividades!

Este ano voce também deixou a fralda e o bubu....como se nunca tivesse usado! Tivemos um pequeno probleminha com o cocô mas você superou tudo muito rapido! Campea!

Bastante “rabudinha” tudo tem que sair perfeito  ( ex: um copo de agua não pode estar molhado! ), se não você já da um reverterio e parece que o mundo acaba. Papa e mamãe não podem parar para conversar com ninguém que você já começa a resmungar.  E mesmo, nessa sua nova idade, saiba que a missão do papa e da mamãe é te ensinar que nem tudo é como você quer, que nem todo o mundo é seu! O melhor presente de aniversário que te demos foi a sua irmã, que só em um futuro vocês duas saberão apreciar esse presente mutuo! Duro? Sim...alias não, meus pais me ensinaram isso e eu estou aqui vivinha da silva, contente de marré de si !

Temos muitos momentos engraçados... mas como você na gosta que se riam de você...te contarei pessoalmente!



Te amo mais que um elefante meu amor!!!!!



você ja desenha caras com todos os detalhes, sol e flor!


Nao gosta de estar com os pes de areia que nem seu tio!!

Continua gostando de ler!

E de brincar, logico!

Pintar a cara te deixa radiante!

E pasmem: vestidos!!!